Através das Metas SMART, é possível melhorar os resultados da sua empresa, ter a produtividade do seu time em alta e, consequentemente, vender mais.

Se você, caro empreendedor ou gestor comercial que chegou até aqui, busca definir uma estratégia eficiente para as suas metas, veio ao lugar certo, pois vou ensinar tudo o que você precisa saber para colocar as Metas SMART em prática e alcançar o sucesso.

No final, ainda te deixo um presente: uma planilha que vai ajudar seu comercial a calcular a taxa de conversão.

Então não deixe de me acompanhar!

O que são as Metas SMART e qual a sua importância?

ilustração-com-pessoas-símbolos-e-as-metas-smart-sendo-representadas-com-uma-letra-de-cada-cor

As Metas SMART são muito usadas por pessoas que querem alcançar bons resultados através de um planejamento estratégico inteligente e eficiente.

Esse método ajuda a traçar metas, mas não se resume apenas a isso. Através do SMART também é possível aumentar a produtividade de toda uma empresa, sem falar na clareza dos caminhos que deverão ser tomados para que as metas da empresa sejam alcançadas.

Afinal de contas, um barco à deriva não chega a lugar nenhum.

Um exemplo disso seria: imagine que o seu time comercial recebe a missão de aumentar as vendas.

Porém, os seus colaboradores não sabem o número exato que deve ser aumentado em vendas, como farão, quais os recursos terão disponíveis para isso e qual o tempo certo que devem trabalhar.

Em resumo, o seu time estará perdido.

É possível que até consigam realmente aumentar o número de vendas, mas não saberão como fazer isso de uma forma clara e estratégica.

E é por isso que as Metas SMART são tão importantes e podem te ajudar, porque trarão ainda mais clareza, direcionamento, foco e estratégia para que seus objetivos sejam alcançados.

Lembre-se: alcançar o sucesso pode ser difícil, mas quando você tem metas definidas, esse pode ser um atalho poderoso.

Detalhando as Metas SMART

Agora que você entende um pouco o que são as Metas SMART e a sua importância para empresas e até mesmo pessoas, vou ensinar como colocá-las em prática.

Mas antes, você precisa saber que, na palavra, cada letra tem um significado, é sobre isso que vamos falar a seguir. Portanto, não pule nenhum tópico!

S – Specific, ou específica

O primeiro passo para começar a utilizar as Metas SMART é pensar em uma meta que você busca atingir para a sua empresa.

Mas não é apenas isso.

A sua meta precisa ter informações específicas, ser detalhada e clara para o seu time. 

Por exemplo, se você quer aumentar o número de vendas, você precisa determinar quantos % ou a quantidade de vendas que você quer.

Essa clareza vai ajudar o seu time a ter mais foco no objetivo. Sem contar que, quanto mais especificidade tiver uma meta, mais você terá margem para determinar se a meta foi alcançada ou não.

Além do mais, esse exercício dará a você e ao seu time um objetivo pelo qual lutar.

Mas como definir uma meta específica?

Existem algumas formas simples e bem rápidas que podem te auxiliar por esse caminho.

Abaixo, deixo para você, algumas perguntas que você deverá responder para deixar suas metas cada vez mais específicas.

  1. O que você espera alcançar com essa meta?
  2. Qual o nível de importância dessa meta?
  3. Quem será o responsável por ela?
  4. Onde serão realizadas as ações em prol da meta?
  5. De que forma ela deverá ser alcançada?
  6. Quais os recursos você possui para atingir essa meta?
  7. A sua equipe precisa de treinamento ou preparo para que essa meta seja atingida?

É claro que, outras perguntas surgirão no meio do processo. Tudo depende, é claro, do que você está buscando para a sua empresa.

Tente trazer o máximo de informações que puder!

M – Measurable, ou mensurável

Se é progresso que você busca para a sua empresa, então a sua meta precisa ser mensurável.

Afinal, não adianta nada você colocar todo um plano de ação em prática se não conseguir acompanhar os resultados.

Quer um exemplo? Então lá vai!

Suponhamos que você queira que a sua empresa seja a mais conhecida do mundo no segmento em que atua.

Você consegue determinar que ela é a mais conhecida de qual maneira?

Consegue entender que algumas metas que você impõe para si mesmo, acabam caindo por terra só pela falta de mensuração?

É totalmente o oposto de, por exemplo, querer aumentar as suas vendas em 30%. Você consegue, através de métricas de vendas, entender a efetividade do seu comercial e criar planos de melhorias.

Sem falar que é só seguir os registros das suas operações, que trarão esses dados para você.

Como definir uma meta mensurável?

Vamos lá que vou te ajudar com mais algumas perguntas que deverão te direcionar pelo caminho certo.

Vamos lá?

  1. Qual resultado eu espero para a minha empresa com essa meta?
  2. Como esse resultado pode ser calculado?
  3. Em quanto tempo essa meta deve ser alcançada?

É claro que, essa é mais uma forma de detalhar ainda mais a sua meta, mas nesse caso, em específico, vai te ajudar a buscar por metas onde é possível trazer dados reais para o seu time e para a sua empresa.

Sempre busque por isso, dessa forma, você terá direcionamento do que precisa ser aprimorado ou, até mesmo, mudado.

A – Achievable, ou atingível

Quando falamos de metas atingíveis, estamos falando de metas que são possíveis para a sua empresa.

E é onde trazemos muitos empresários para o mundo real.

Uma meta atingível é aquela que você sabe que está dentro de todas as forças e competências que você e seu time possuem.

Por exemplo, se a sua meta é aumentar 30% das suas vendas atuais em apenas um mês, essa meta vai ser atingível para o seu negócio? Seus colaboradores vão conseguir?

Essa é uma avaliação que você precisa fazer com cautela, porque se errar na definição, vai colher insatisfação ao invés de resultados.

Como definir uma meta atingível?

Olhe para dentro da sua empresa, realize uma análise dos pontos fortes e fracos e pense nos recursos que você tem que são pouco explorados, mas que podem potencializar suas ações para alcançar a sua meta.

Algumas perguntas que você também pode fazer para auxiliar são:

  1. De um ponto de vista financeiro, a sua meta é realizável?
  2. Para alcançar essa meta, é necessário realizar algum investimento?
  3. Sobre os seus colaboradores: o que eles pensam sobre essa meta?
  4. Algo semelhante já foi tentado anteriormente e deu certo?

A sua resposta é o que determinará as próximas jogadas, mas não tente se enganar, isso só prejudicará o seu time e a sua empresa.

R – Realistic, ou relevante

Se eu estivesse na sua frente agora e te perguntasse: Por que a sua meta é relevante? O que você responderia?

Pense sobre a resposta.

Para uma meta ser relevante ela precisa impactar a vida do seu negócio, de forma que, ela seja justificada com números e alinhada a propósitos.

Uma meta que não gera impacto sobre o seu negócio, não será tratada com prioridade.

E como saber se a sua meta é relevante?

Uma das formas é propor objetivos que sejam igualmente relevantes para integrante do seu time.

Mas considere responder algumas perguntas que trarão mais clareza sobre a sua meta ser relevante ou não.

  1. Como a sua empresa será impactada pela meta definida?
  2. A meta é vista como relevante por todos os meus colaboradores?
  3. O momento atual é oportuno para ir em busca de bater a minha meta?
  4. Há prioridades que podem ser prejudicadas por essa meta?

Novamente, as suas respostas é o que determinarão todo o conjunto. Lembre-se: quanto mais detalhes, melhor!

T – Timely, ou temporal

Se você não tem um prazo para cumprir a sua meta, você está abrindo espaço para a procrastinação.

Ou seja, você pode ter tudo definido, mas sem um prazo, você fica à deriva como um barco sem capitão.

Você vai ficar postergando, dando desculpas, tentando achar culpados e nunca vai bater essa meta.

Coloque um prazo, defina um planejamento, um cronograma, uma forma de organização para você e sua equipe seguirem rumo a meta.

Sobretudo, lembre-se: estabeleça um prazo que não seja inviável, por exemplo, fechar 300 clientes em um dia.

E agora, como eu defino uma meta temporal?

É bem mais simples do que você acredita, meu caro amigo empreendedor.

Basicamente temos duas situações, uma em que você irá conversar com todo o seu time para definir as datas, avalie com eles as melhores opções para evitar gargalos.

Nesse momento, você conseguirá determinar o nível de comprometimento de cada um na realização da meta.

A segunda situação é aderir ao uso de uma planilha, que serve para planejar e acompanhar o desenvolvimento de todas as ações necessárias para alcançar a sua meta.

3 dicas para a conquista de bons resultados

ilustração-de-mão-de-pessoa-segurando-lupa-e-analisando-resultados-que-as-metas-smart-trouxe

Agora que você já sabe exatamente o que é o método SMART e como colocá-lo em prática, eu tenho ainda três dicas para agregar ainda mais na hora de criar uma meta.

Essas dicas vão te ajudar não apenas a colher os melhores resultados para a sua empresa, como também aplicar quaisquer melhorias necessárias para colher ainda mais resultados satisfatórios.

Confira abaixo!

Monitore o desempenho das suas ações

E aqui vai um mega conselho de amigo!

Vamos supor que a sua meta tem 4 meses de prazo para ser concluída. É fundamental que você e sua equipe comercial estejam frequentemente analisando e avaliando o desempenho de cada meta traçada.

Não deixe para o final, pois é durante que você terá a chance de aplicar planos de ação e de melhoria para ter mais assertividade em colher bons resultados no final.

Envolva todo o seu time

O sucesso das suas metas depende do empenho do seu time responsável. Por isso, é tão importante que eles estejam ativos em todo o processo, tanto na criação das metas através do Método SMART quanto na execução do projeto final.

Nessa etapa, lembre-se de conscientizar as pessoas que compõem o seu time de que o resultado esperado só será alcançado com a ajuda e colaboração de todos.

Dê algo em troca que engaje ainda mais seus colaboradores, isso gera satisfação para que os próximos projetos também sejam realizados com empenho.

Apresente os resultados e melhore

Quando suas metas forem alcançadas, faça questão de comemorá-las. Mas não apenas isso, compartilhe os resultados que a sua empresa obteve através das Metas SMART com o seu time.

Afinal de contas, nada mais justo se eles tiveram participação.

Esse feedback será importante para entender os acertos e os erros que devem ser aprimorados das próximas vezes.

Sem contar que é uma excelente forma de valorizar o esforço e o trabalho de cada um.

BÔNUS: Calcule a Taxa de Conversão Comercial de forma simplificada

Agora que você está bem entendido sobre as Metas SMART, meu amigo empreendedor ou gestor, eu preciso te deixar um presente: uma planilha totalmente automatizada que vai te ajudar a calcular a taxa de conversão comercial de forma simples, prática, fácil e rápida.

Te interessa?

Tenho certeza que unindo tudo o que você aprendeu aqui hoje a essa planilha você vai se sair surpreendentemente bem.

Então, clique na imagem abaixo, inscreva-se e receba no seu e-mail a planilha de forma 100% gratuita. Aproveite!

banner-botão-para-baixar-planilha-de-cálculo-de-taxa-de-conversão

Te encontro depois do botão.

Share:

Formada em Publicidade e Propaganda, é a copywritter e criadora de conteúdo da Átomo Online. Além de ser apaixonada pelo que faz, tem como hobbie ler livros e andar de patins nas horas vagas.