Muitos clientes dizem que investem nas Redes Sociais impulsionando… E hoje vou te dizer porque NÃO fazer isso!!

meninas-com-as-redes-sociais-facebook-e-instagram-cobrindo-seus-rostos

É um fato que…

Impulsionar uma publicação no Facebook é um jeito sim de divulgar a sua marca e levar ela até as pessoas.

Contudo, essa não é a forma mais eficiente de se anunciar online.

E muitos utilizam deste recurso por ser mais fácil!

Sem contar que o botão impulsionar aparece com frequência, tornando mais fácil configurar informações como: gênero, idade, localização do público.

Quando você impulsiona uma publicação, essa publicação só terá destaque no feed (mobile e desktop) das pessoas que já te seguem, e os amigos desse público.

Melhor dizendo, o impulsionamento só vai trabalhar o alcance dessa publicação!

Ele não vai garantir que o seu público clique em algum link, comente na sua publicação, compre o seu produto, etc.

Ou seja

O impulsionamento não tem um critério profundo para entender o que você quer com este tipo de anúncio.

Portanto, ele irá distribuí-lo de forma que ele seja apenas visto nas Redes Sociais, o que é péssimo.

Diferentemente do anúncio criado no gerenciador de anúncios do Facebook.

Lá é onde você poderá customizar uma campanha de forma que ela tenha um objetivo sólido.

Pelo motivo de ser mais assertiva e não ser um investimento feito que vá por água abaixo.

Pelo gerenciador de anúncios você consegue traçar de forma mais inteligente e mais completa onde você quer chegar com este anúncio.

Você utiliza não apenas as premissas básicas do impulsionamento, mas também os interesses do seu público.

Além do mais, você também tem a opção de criar vários anúncios ao mesmo tempo com fotos e textos diferentes para ver qual deles converte mais.

O seu gerenciador consegue te trazer dados para que você eleja apenas um anúncio que vai trazer o resultado esperado.

Agora que você já entendeu as diferenças entre o botão impulsionar e o gerenciador de negócios do Facebook, você deve estar se perguntando quanto deve investir, não é mesmo?

Além disso, não tem segredo, a dica para começar a investir nas Redes Sociais é:

Comece com um valor baixo para se acostumar com a ferramenta!

Até que você tenha um domínio sobre ela que te garanta aumentar esse valor com segurança, você deve investir baixo nas Redes Sociais.

Vá mensurando os resultados que você for obtendo, como CPC, Custo total, oportunidades que foram geradas, dentre outros.

É bom que você mantenha essas informações em um relatório ou em uma planilha para que você consiga fazer um comparativo dos meses e ir aplicando um processo de melhoria contínua.

Agora me conta, como você tem usado as suas redes sociais? Deixe um comentário!

Share:

Formada em Publicidade e Propaganda, é a copywritter e criadora de conteúdo da Átomo Online. Além de ser apaixonada pelo que faz, tem como hobbie ler livros e andar de patins nas horas vagas.